Existe diferença entre os dentes dos brancos e negros?

E pra relembrar, semana passada falamos em como está a Saúde Pública desde a República do Brasil?

Caso queira saber mais o que a gente falou, logo no final desse artigo tem os links do programa passado, tanto pelo Faceboook como pelo Youtube.

DATAS COMEMORATIVAS DA SEMANA

E algo falamos toda semana é sobre datas comemorativas . Vamos conferir?

18.11: Dia do Conselheiro Tutelar

19.11: Dia da Bandeira e Dia Internacional do Homem

20.11: Dia do Biomédico/ Da Esteticista/ Técnico de contabilidade/da Consciência Negra

21.11: Dia da Homeopatia/ Dia das Saudações

22.11: Dia do Músico

23.11: Dia Mundial de Ação de Graças (Estados Unidos)

E só pra esclarecer, no dia 16.11 é o dia da música e no dia 22.11 é dia do músico!

Só para a gente não confundir, tá? Mas não há música sem o músico e não há músico sem música. Quem veio primeiro? Rs

18.11_CONSELHEIRO TUTELAR: É um órgão autônomo da administração pública municipal brasileira, destituído de função jurisdicional, que possui a atribuição de zelar pelo cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes. O Conselho Tutelar é um órgão colegiado, autônomo, pertencente à administração pública municipal e sem função jurisdicional. É regido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. O que o Conselheiro Tutelar precisa é ter bom senso para se fazer presente onde há violação de direitos ou indícios e possibilidades de violação, e agir para cessá-la ou eliminar o risco de que ocorra.

19.11_BANDEIRA NACIONAL: Os autores da Bandeira Nacional foram Raimundo Teixeira MendesMiguel LemosManuel Pereira Reis e Décio Vilares. Quanto às cores,  temos que o Verde: faz menção a povos que habitavam Portugal há mais de dois mil anos. O verde tornou-se símbolo da luta dos portugueses pela liberdade: a cor nacional pelos portugueses durante as guerras contra os mouros. O Amarelo passou a ser utilizado no brasão de armas de Portugal logo após a conquista de Algarve (região ao sul do país) em 1250. Pode fazer menção também à cor da Casa dos Habsburgo-Lorena, dinastia da qual fazia parte D. Leopoldina, esposa de D. Pedro I. O Azul e Branco:foram adotados, a princípio, em Portugal a partir do século XI. O azul e o branco popularizaram-se no Brasil após terem sido adotados como as cores de algumas Capitanias Hereditárias.

ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE A BANDEIRA NACIONAL

– A frase que consta na bandeira, “Ordem e Progresso”, foi inspirada em uma frase do positivista Augusto Comte. A frase era: “O amor por princípio e a ordem por base, o progresso por fim”.

– Diferente do que muitos pensam, o Dia da Bandeira não é feriado nacional. Mas também, já temos muitos feriados, não?

– A legislação brasileira prevê que, no dia 19 de novembro, seja realizada uma cerimônia para incineração de bandeiras que estejam em más condições.

– A Bandeira Nacional é considerada um símbolo nacional. Os outros quatro símbolos nacionais são: Hino NacionalArmas Nacionais e Selo Nacional.

– A Bandeira Nacional é hasteada de maneira permanente na Praça dos Três Poderes em Brasília. No primeiro domingo de cada mês, é realizada uma cerimônia de troca da bandeira.

– Quando são hasteadas várias bandeiras juntas à Bandeira Nacional, esta é a primeira a subir e a última a descer do mastro.

– As estrelas da bandeira correspondem a cada um dos estados brasileiros e ao Distrito Federal.

– A única estrela que está acima da faixa branca corresponde ao estado do Pará.

– A legislação brasileira proíbe que a Bandeira Nacional seja utilizada como roupagem.

– O Hino à Bandeira foi criado por Olavo Bilac e apresentado em 1906.

19.11_DIA DO HOMEM: Este dia foi comemorado pela primeira vez em 1999, em Trinidad e Tobago, promovida pelo Dr. Jerome Teelucksingh e com o apoio das Organizações das Nações Unidas – ONU. A ideia do Dr. Jerome era de ajudar os homens a estarem mais atentos a sua saúde, assim como conscientizá-los sobre os princípios da igualdade de gêneros como destacar os papéis positivos do homem na sociedade.

20.11_ DIA DO BIOMÉDICO, ESTETICISTA E TÉCNICO DE CONTABILIDADE: Parabéns a todos esses profissionais! Tenho amigos biomédicos (Adriana Soares), esteticistas aqui do bairro e técnico em contabilidade. São profissões muito importantes!

21.11_DIA DA HOMEOPATIA: A homeopatia um método da medicina que estimula a cura “de dentro para fora”, agindo no organismo humano como um todo e não apenas sobre os sintomas apresentados por determinada doença. Os medicamentos homeopáticos são produzidos em farmácias de manipulação e têm como matéria-prima ervas naturais, ou mesmo raízes, minerais, animais entre outras fontes provenientes da natureza

21.11_DIA DAS SAUDAÇÕES: Este dia  foi criado em 1973, por Brian McCormack e Michael McCormack, como uma resposta ao conflito entre o Egito e Israel. Ele tem como objetivo celebrar a importância de uma saudação na preservação da paz. O ato de saudar ou cumprimentar outra pessoa tem um forte significado e é capaz de apaziguar conflitos e criar ambientes saudáveis. Neste dia, todas as pessoas que gostariam de participar são encorajadas a saudar pelo menos 10 pessoas. Além disso, muitas pessoas aproveitam este dia para enviar mensagens para líderes mundiais, encorajando-os a utilizar medidas pacíficas para a solução de conflitos.

22.11_DIA DO MÚSICO: Também é Dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos. Ela era casta e participava diariamente da missa celebrada pelo papa Urbano em Roma. Segundo mito grego, os filhos de Urano, após a morte dos Titãs, pediram para Zeus criar divindades capazes de cantar as vitórias dos deuses do Olimpo. Teve com Mnemosina nove musas, e uma delas era a musa da música (Euterpe) que fazia parte do cortejo de Apolo, Deus da Música. Eu li isso em um site e gostei: “Músicos são pessoas convictas, perseverantes e que exigem respeito, mas a sociedade colocava muitas barreiras sobre essa profissão.” Porém, hoje é nítido o reconhecimento dos músicos pela sociedade.

22.11_DIA MUNDIAL DE AÇÃO DE GRAÇAS: O Dia de Ação de Graças (conhecido em inglês como Thanksgiving Day) é um feriado celebrado maioritariamente nos Estados Unidos e Canadá. Nos Estados Unidos é celebrado toda quarta Quinta-feira do mês de novembro, e no Canadá, toda segunda Segunda-feira do mês de outubro. Beijo pra minha família e amigos que estão nos EUA e Canadá! E é uma comilança só! Rs

23.22_BLACK FRIDAY:  A Sexta-feira depois do dia de Ação de Graças é conhecida como Black Friday (Sexta-feira Negra em português). É esse dia que a gente aproveita pra comprar coisas a preços inimagináveis! O que você está pensando em comprar? E que não seja “Black Fraude”! Rs

ANIVERSARIANTES DA SEMANA

Alguém faz aniversário aí? Parabéns pra você!

E agora vamos começar a falar sobre o tema de hoje, em homenagem ao dia da Consciência Negra.

SERÁ QUE HÁ DIFERENÇA ENTRE OS DENTES ENTRE OS BRANCOS E NEGROS? 

A gente sabe que independentemente da raça, o Sorriso abre portas. Esse simples movimento dos lábios demonstra gentileza, simpatia e alegria.

E uma parte imprescindível do Sorriso são os dentes.

Ter os dentes bonitos sempre foi um status. E se pode chamar de um fator de diferenciação. Lembrando o tema da semana passada, em que falamos do fim da escravidão e proclamação da república, os escravos eram escolhidos pelos dentes. Ter dentes bonitos era um sinal de eram mais saudáveis, mais resistentes e mais fortes.

DIFERENTES CLASSIFICAÇÕES DAS RAÇAS

Em 1758, o botânico Carolus Linnaeus dividiu em 4 raças a espécie humana e designou características a cada uma delas segundo seu ponto de vista: os vermelhos, “geniosos e despreocupados”; os amarelos, “severos e ambiciosos”; os negros, “ardilosos e irrefletidos”, e os brancos, “inteligentes e engenhosos”. Detalhe: ele era branco…Portanto, devemos considerar que houve uma classificação tendenciosa. Não gostei muito, mas a título de curiosidade é interessante a gente saber.

Em 1950, retomando uma ideia da Antiguidade greco-romana, a Unesco usa o conceito de etnia para classificar os homens com base em fatores comuns – ancestralidade, religião, cultura ou idioma – em vez de usar como base a aparência física, como os defensores da ideia.

Nos anos 50, com a descoberta das influências do ambiente na constituição pessoal, ganha força o conceito de população – um grupo que compartilha traços culturais, não importando a aparência física ou ancestralidade. É o critério mais aceito hoje.

Nos anos 90, a Teoria da Evolução das Espécies ajuda os cientistas a descobrir que a maior produção de melanina, que dá o tom mais escuro à pele, é uma estratégia para o corpo armazenar substâncias em regiões de muita exposição à luz solar.

Temos também a classificação das raças em grupos proposta por N. Tcheboquessarov como:

– afro-aceânica ou negroide;
– euro-asiática ou europoide;
– asiático-americana ou mongolóde.

AS DIFERENTES RAÇAS NO BRASIL

Sabemos que os portugueses descobriram e colonizaram nosso país. Aqui, eles entraram em contato com os índios, que eram os primitivos habitantes do território.

Os portugueses trouxeram negros para trabalhar como escravos.

Assim, portugueses, negros e índios foram os três principais grupos humanos que contribuíram para a formação da população atual.

Muitos outros grupos também contribuíram, apesar de terem vindo mais tarde para o Brasil. Entre esses grupos podemos citar os italianos, alemães, espanhóis, japoneses e outros. Isso principalmente após a primeira e segunda guerras mundiais.

Ao adotarem a mesma língua e ao desenvolverem costumes e tradições semelhantes, os diferentes grupos humanos que se encontraram no Brasil deram  origem ao povo brasileiro ou etnia.

Portanto, somos a mistura de praticamente todas as raças do mundo. E apesar de existir o preconceito dentro de cada ser humano, é cada vez mais importante ter o respeito a todos.

ANATOMIA DO ROSTO DAS DIFERENTES RAÇAS

Foram feitos diversos estudos que tentavam demonstrar que havia diferença entre as dentições de diferentes raças.

Eu vejo como 4 principais: aqui no Brasil as raças: negra, amarela, vermelha e branca.

Os caucasianos (os ditos brancos) são “ortognatas”, ou seja, possui perfil reto ou côncavo (para dentro). Isso denota uma tendência evolutiva para uma redução das arcadas dentárias.

Alguns atribuem a isso, como resultado de uma cultura superior, que ao processar os alimentos desde os últimos 5.000 anos antes de Cristo. Isso tornou os dentes menos requisitados para triturar alimentos recém arrancados da terra “in natura”, com sujeira, restos de terra, etc.

Nos brancos (caucasianos) além dos dentes terem volumes menores, as cúspides posteriores (distais) dos molares são mínimas, quase inexistentes ou ausentes.

Negros e faiodermas (mulatos, cafuzos, mamelucos, pardos em geral) estão no outro extremo. Observamos o prognatismo (projeção para frente) de ambos maxilares, que configura um perfil convexo (projetado para fora).

Alguns atribuem essa característica a uma maior necessidade evolutiva de utilizar o olfato (narinas extremamente bem desenvolvidas) na obtenção de alimentos, e na maior utilização dos dentes para triturar alimentos.

Os orientais têm um rosto mais arredondado e os olhos puxados. E proporcionalmente parece que os dentes são mais largos e maiores, em relação ao tamanho da cabeça.

POLÊMICA

E criou-se um mito: será que a dentição dos afrodescendentes seria mais forte? Ou mais branca?

É óbvio que o contraste com a pele negra e com a gengiva (muitas vezes apresenta pigmentação), faz com que os dentes pareçam mais brancos e mais claros. Então comparativamente os dentes dos negros parecem ser sim mais brancos deviso ao contexto.

Agora em relação à resistência não há diferenças comprovadas cientificamente.

ANATOMIA DOS DENTES DAS DIFERENTES RAÇAS

A mandíbula do negro é maior e mais forte, e se projeta para frente, junto com uma testa mais baixa e retraída, projetada para trás.

Alguns trabalhos mostraram que os dentes de pessoas da raça negra tendem a ter a dimensão maior. Também há uma excessiva inclinação dos dentes incisivos anteriores superiores quanto os inferiores na amostra negra.

Há também a protrusão bimaxilar, bem característica nas pessoas de raça negra. A dimensão da maxila e mandíbula costumam ser maiores.

Os dentes são maiores e mais largos entre si do que na raça branca.

Devido às características de inclinação excessiva apresentada pelos dentes incisivos na amostra negra, o ângulo interincisal aparece mais agudo podendo ser observada diferença estatisticamente significativa na comparação dos valores médios entre as raças branca e negra, em ambos os gêneros, colaborando para o perfil biprotruso característico desta raça. A protrusão bimaxilar, observada neste estudo, constitui-se em uma característica marcante nas pessoas da raça negra.

E falando de orientais, noto nas radiografias panorâmicas que pessoas com ascendência oriental tem os dentes com um aspecto mais “cavado”, com uma estrutura chamada cíngulo mais marcante. É engraçado que sem ver o rosto do paciente (que tem na radiografia da Radiologia Abreu), consigo identificar se a pessoa é oriental. Interessante, não?

Já os indígenas, na minha opinião, lembra uma mistura de orientais e negros. tendo características físicas e dentárias semelhantes à essas duas raças. Normalmente apresentam dentição grande,, sulcos bem marcados e rostos mais arredondados.

Os mais velhos apresentam boa saúde bucal, quando a alimentação original é preservada. Mas a grande maioria já tem a alimentação semelhante à nossa, com consumo de açúcar e carboidratos, resultando no mesmo risco que temos de desenvolver doenças bucais.

CURIOSIDADE: A MODA NO JAPÃO É TER DENTES TORTOS!

No Japão, a moda para ter uma aparência jovem, é ter dentes tortos! Rs

Enquanto por aqui as pessoas gastam fortunas em busca de dentes brancos e perfeitos, no Japão as mulheres estão procurando clínicas odontológicas para entortar seus dentes. Segundo o jornal americano NY Daily News, ter dentes encavalados dá um ar mais “juvenil”, deixando-as mais bonitas

Um dos tratamentos, chamado Yaeba, consiste em alongar os caninos das mulheres por meio de próteses, dando a impressão de que os dentes estão encavalados (o que resulta em um efeito vampiresco). O que aqui no Brasil é considerado feio.

Temos que tomar cuidado com essas modas, pois a posição incorreta dos dentes é capaz de alterar as funções mastigatórias, de deglutição, fala, respiração, sono, além de provocar doenças dentárias como gengivites e cárie. Isso porque causa dificuldade para higienizar os dentes, favorecendo o acúmulo de tártaro e o aparecimento da doença periodontal.

ALERTA: MODA NO BRASIL DE COLOCAR APARELHOS FALSOS CAUSA PERDA DE DENTES!

Aqui no Brasil também existem algumas modas estéticas que podem trazer problemas para a saúde bucal, tais como a utilização de aparelhos falsos que encantam os jovens com seus diversos modelos e cores é uma delas.

Um dos principais problemas é que esse tipo de aparelho acaba prejudicando a dentição dos jovens. Além de não ter função, podem fazer com que seja necessário o uso de aparelhos verdadeiros. Os danos podem ser irreversíveis, inclusive causando a perda de alguns dentes e fazendo às vezes necessário a colocação posterior de implante ou prótese. E isso custa tempo, saúde e dinheiro!

SERÁ QUE OS NEGROS TÊM MAIS PROBLEMAS DENTÁRIOS?

Em um trabalho no Paraná, foi feito um estudo para verificar diferenças em saúde bucal entre grupos de pessoas adultas autodeclaradas brancas, pretas ou pardas no Brasil. Foi utilizada uma a mostra de 12.811 adultos de ambos os sexos, de 35 a 44 anos. Foram encontradas correlações entre desfechos de saúde bucal e indicadores ligados ao perfil de desenvolvimento humano, renda familiar e desigualdade de renda por estado brasileiro para o grupo de negros.

Os resultados evidenciaram falta de igualdade nos indicadores avaliados (cárie, perda dentária, dor e necessidade de prótese) com maior vulnerabilidade da população negra (pretos e pardos) em relação aos brancos.

Fatores contextuais relacionados ao perfil de desenvolvimento humano, à distribuição de renda e ao acesso a políticas de cuidado em saúde parecem ter papel essencial na caracterização da vulnerabilidade de grupos populacionais a agravos em saúde bucal.

Já se falou também que os dentes dos negros tinham mais imunidade, o que provou não ser verdade.

PREVENÇÃO E VISITAS AO DENTISTA É PARA TODOS!

Na minha opinião, o que faz diferença mesmo na resistência e conservação dentária são os cuidados com a prevenção.

Melhor ainda do que tratar é cuidar para que o problema não aconteça. E para isso, devemos escovar no mínimo 3 vezes ao dia, de preferência depois do café, depois do almoço e antes de dormir.

A grande maioria dos problemas bucais podem ser prevenidos com a higienização bucal diária (escovação e fio dental) e com visitas periódicas ao dentista

A maioria dos trabalhos trata de prevalência de doenças bucais. Muito se falou de hereditariedade mas há um consenso comum de que os hábitos alimentares e de higiene bucal são os que mais refletem na saúde bucal.

Se você tem dúvida quando a melhor maneira de fazer os cuidados para manter a saúde de sua boca, procure um dentista e tire suas dúvidas. O acompanhamento deve ser feito a cada 6 meses e em sua casa você deve manter o resultado com os cuidados diários.

Porém, se o seu caso já necessita de tratamento, não fique preocupado. Há muitos tratamentos avançados e com certeza existe o melhor para o seu caso.

EXAMES RADIOGRÁFICOS, DOCUMENTAÇÃO PARA APARELHO E TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

Após a consulta com o dentista, você provavelmente vai ter que fazer alguns exames para que o dentista consiga avaliar o seu caso; como a radiografia panorâmica, documentação para a aparelho e a tomografia computadorizada.

Esses exames servem para complementar o que o dentista vê ao exame clínico, e assim com todas essas informações em mãos, ele pode estudar o seu caso e fazer o melhor planejamento para o seu caso.

Portanto paciente: quando o dentista solicitar que você faça exames, faça o quando antes! O dentista precisa dele para poder te avaliar mais minuciosamente. E além disso, isso representa uma segurança para o paciente de que ele será avaliado corretamente. E quanto melhor a avaliação, mais chances de sucesso no plano de tratamento.

O plano de tratamento é apresentado para o paciente, e com ele é discutido a melhor forma de fazê-lo. E muito importante também é o paciente dizer qual é a expectativa dele em relação ao tratamento. Nem sempre é possível ficar com aquele sorriso do artista da TV. Isso porque existem diferenças anatômicas que limitam a estética final. Fora os fatores individuais e resposta de cada indivíduo perante o tratamento.

MOMENTO #naotatudobem 

SERVIÇO PÚBLICO DE SAÚDE

Apesar de mais numerosa, a população negra brasileira encontra-se ainda hoje nos estratos mais pobres e em crônica situação de iniquidade em relação à saúde. A desvantagem econômica e social, a assistência inadequada à saúde e em alguns casos as atitudes de discriminação contribuem para a iniquidade em saúde nessa população.

A dor e a perda dentária, bem como outros agravos em saúde bucal em adultos, têm sido associadas a fatores como educação, renda e grupo racial

Apesar da grande demanda por serviços odontológicos, a população adulta vivencia limitação no acesso aos serviços, pela falta de profissionais no serviço público de saúde nas UBSs, AMAs e hospitais públicos.

Semana passada falamos de um caso em que uma pessoa que necessitava de transporte público para ser levada ao hospital e não havia ajuda do governo para tal.

E colhi alguns depoimentos de moradores da região que tentaram ir ao dentista e se depararam com a falta desses profissionais nas UBSs. É preocupante! E ainda existe a limitação de horário: nesse feriadão por exemplo, todos os postos ficaram fechados até o final do feriado, no dia 21 de novembro, lotando assim os hospitais daqui da nossa região, como o hospital Bandeirantes.

A dor e as extrações dentárias, são comuns no setor público, tanto pela falta de recursos para fazer os tratamentos mais conservadores (como o canal ou endodontia) quanto ao fato da população não saber o quanto é importante manter o dente na boca, optando pelo mais fácil que é a extração.

Assim, não encontrando serviço na rede pública, se veem obrigados a procurar a rede privada ou convênios. Cada qual tem seus desafios e em relação aos convênios já falei por diversas vezes: falta a valorização dos profissionais de saúde por parte dos convênios. Tanto na relação comercial quanto à remuneração.

Na rede privada, os pacientes têm aquela impressão de que o tratamento dentário é caro. E eu pergunto: O tratamento dentário é caro em relação a que? Qual a prioridade que você dá à sua Saúde na sua vida?

Sem saúde não fazemos nada, mas vemos que as pessoas dão importância muitas vezes a tratamentos estéticos à algo que seja para a saúde. E isso precisa melhorar!

É reconhecido que a prevalência de doenças bucais reflete fatores de ordem biológica, comportamental e socioeconômica, assim como fatores de acesso a bens de consumo e a serviços de saúde.

DOENÇA BUCAL É UMA DOENÇA SOCIAL

Os agravos em saúde bucal, bem como a cárie dentária, têm sido considerados como “doença social”.

O grau de escolaridade dos indivíduos, a gravidade da cárie, expressa por perdas dentárias, e o acesso a serviços odontológicos têm sido associados à presença de dor de origem dentária em população adulta

A maior escolaridade é considerada um elemento essencial no acesso aos serviços, na comunicação com o profissional de saúde, na efetividade da prevenção, no tratamento e na cura de enfermidades, bem como nas noções de saúde e doença.

Além disso, ser homem, jovem e possuir melhores condições de instrução parece propiciar facilidade de acesso a atenção em saúde, além de favorecer a manutenção dos dentes.

As iniquidades no acesso a serviços de saúde por parte da população negra no Brasil são reforçadas por dados que comprovam que atendimento médico, consultas, planos de saúde e tratamento odontológico são mais acessíveis à população branca, no trabalho de 2002.

A população mais Vulnerável é a Menos informada e a com Menor Poder Aquisitivo.

E no caso específico da assistência odontológica, as distinções são enormes: o percentual de negros que nunca foram ao dentista chega a 24%, contra 14% de brancos na mesma situação. Além disso, o percentual de brancos com plano de saúde é 2,2 vezes maior do que o de negros. Não é o fato de ser negro que dificulta as coisas, mas menos acesso à informação sobre prevenção e menos acesso à saúde pelo setor público.

A diferença de renda constitui, na minha opinião e segundo vários trabalhos, no principal motivo na iniquidade entre os grupos raciais. A má distribuição da renda, a falta de participação na riqueza nacional, o desemprego, o atraso tecnológico e os elevados índices de analfabetismo dos negros brasileiros acarretam inúmeras consequências, que se estendem da dependência dos serviços educacionais e de saúde, providos pelo Estado, à residência em áreas carentes de condições de saneamento e urbanização adequadas. E a maioria da população de baixa renda tem origem negra.

Além disso, a exclusão sistemática dos serviços de saúde pela população adulta em regiões mais pobres, determinada por condições políticas, sociais e econômicas, pode influenciar significativamente sua condição de saúde bucal.

SOLUÇÃO

Os altos índices de perda dentária e necessidade de prótese para o grupo de negros e pobres evidencia a necessidade de maior equidade em saúde bucal para grupos em condições de maior vulnerabilidade, com a ampliação do acesso e desenvolvimento de políticas públicas que possam garantir o direito à saúde bucal em diferentes regiões.

Existe, portanto, uma desigualdade tanto social quanto à distribuição de profissionais pelas cidades e em toda a extensão nacional.

A grande maioria dos profissionais estão concentrados nas grandes metrópoles e faltam nas cidades mais afastadas dos centros urbanos.

Os resultados de vários estudos apontam que as iniquidades em saúde bucal observadas podem ter sido determinadas mais por contextos sociais do que raciais, baseadas no referencial da cor da pele.

Nosso papel como cidadãos é de nos informarmos, o de participarmos nas decisões públicas e de mostrar com argumentos as melhores medidas a serem tomadas. E cobrar para que sejam cumpridas pelos órgãos responsáveis: prefeituras regionais, secretarias municipais e estaduais de saúde, bem como câmara de vereadores e de deputados estaduais.

A nível nacional, temos também as leis federais feitas por deputados federais, senadores e presidente da república, que aprovam leis, orçamentos e determinam a nomeação de importantes cargos (como o doo Ministério da Saúde).

Então, vamos em frente!

Nosso Brasil é maravilhoso e todo mundo TEM DIREITO E MERECE ter uma Saúde Bucal satisfatória.

E para isso, cada um deve cuidar da sua saúde diariamente e precisamos da colaboração e empenho dos órgãos representantes e governantes, para que as coisa melhorem. 

E seja qual for a Raça, o Sorriso é o Idioma Universal. E ele agrada a todos! 

Sorria sempre! 

Referências:

https://evolutionproof.wordpress.com/diferencas-fisicas-entre-negros-e-brancos/

https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-da-bandeira.htm

https://www.scielosp.org/article/rpsp/2012.v31n2/135-141/

https://super.abril.com.br/ciencia/brancos-sao-mais-inteligentes-que-negros/

http://consuladogeraldeangolasp.net/det.asp?cod=161&caminho=mulher

https://www.coladaweb.com/geografia/racas-humanas

 

E Você, gostou do artigo?

 NOS AJUDE A DIVULGAR ESSA INFORMAÇÃO COMPARTILHANDO NO FACEBOOK!

“A RÁDIO CIDADÃ É UMA RÁDIO INDEPENDENTE. ELA É A VOZ DO CIDADÃO. COLABORE CONOSCO, POIS AQUI É SUA VOZ DE COMUNICAÇÃO!”

OS LINKS SOBRE ESSE PROGRAMA  ESTARÃO DISPONÍVEIS LOGO APÓS O PROGRAMA! A TRANSMISSÃO É AO VIVO TODA QUINTA-FEIRA ÀS 12 HORAS.

ENQUANTO ISSO, ASSISTA O PROGRAMA DA SEMANA PASSADA ESCOLHENDO O LINK:

FACEBOOK: https://www.facebook.com/paula.p.deabreu/videos/10155721069797751/

YOUTUBE: https://www.youtube.com/watch?v=Q2NuOiGLyaM

 

“Radiologia Odontológica Abreu – Porque o Sorriso é o Idioma Universal.”

Nosso Endereço: Avenida Otacílio Tomanik, 246 – Jardim Bonfiglioli – Butantã – São Paulo – SP

Para agendamentos, fale conosco: (11) 3853-7071  ou  (11) 94785-3150
Whats App: (11) 93005-2297

#radiologiaodontologicaabreuoficial, #radiologiaodontologica , #radiologiaodontologicaabreu #radiografiaodonto, #odontologia, #radiografia #saudebucal, #sorriso, #sorrisoidiomauniversal , #radiologiaabreu , #paulaabreusorriso ,#raioxdosorriso, #paulaabreu, #naotatudobem, #paulaabreu_sorriso,  #naotatudobem, #saúdepública, #sorrisodascrianças, #diadodentista, #república, #eleições2018, #raçanegra, #naotatudobem_com_paula_abreu

Por favor Avalie Isto.

1188total visits,12visits today

SOBRE O AUTOR: PAULA PINHEIRO ABREU

Olá! Sou Paula Abreu. Sou formada em Odontologia pela UNESP de São José dos Campos e especialista em Radiologia e Imaginologia Odontológica pela USP (FUNDECTO). Estou atenta a tudo o que acontece no dia-a-dia e acredito que uma situação por mais simples que seja, podem nos ajudar a melhorar. Depende de nosso olhar! Porque Sorrir faz Bem e fazer outra pessoa Sorrir, melhor ainda! Vamos juntos!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

  • Comentários Padrões (0)
  • Comentários Facebook (0)

Seu Email nâo será Divulgado.